Exposição Japonesa na Casinha Pequenina

Alunos explicando sobre a migração japonesaOs alunos do 1º ano trabalharam durante todo o primeiro semestre com um tema que tem ocupado grande destaque na mídia: o centenário da imigração japonesa.  Dentro do projeto No País do Sol Nascente, as crianças estudaram sobre a cultura japonesa. 

No dia do lançamento do projeto, as crianças receberam uma convidada especial que se apresentou a caráter, vestida de quimono. Ayko, mãe de aluno da Casinha e filha de imigrante japonês, esteve na escola para contar histórias sobre sua família, o Japão e a cultura oriental. Falou sobre a relação dos filhos com as mães, sobre a importância da arquitetura das casas para proteção contra terremotos, e muitos outros assuntos.UtencÃlios Japoneses

Ayko também proporcionou aos alunos uma aula de culinária, onde as crianças aprenderam a fazer um dos pratos tradicionais japoneses e que utiliza o arroz e peixe como base da alimentação. Foi uma delícia fazer o temaki e é claro, experimentar também!

Neste dia, a proposta era fazer com que a criança se sentisse em uma “escola no Japão”. Depois da aula gastronômica, foi a vez do professor de Educação Física levar para os alunos a seriedade e rigidez das aulas nas escolas japonesas. Foi muito diferente da rotina a qual estão acostumados.

Utilizando diferentes fontes de pesquisa os alunos coletaram informações e objetos. E depois de visitar o Museu da Imigração Japonesa, a turma do período da manhã decidiu fazer, como produto final do projeto, uma exposição sobre o Japão. Elaboraram todos os textos informativos que acompanharam cada um dos objetos trazidos por eles.

Alunos do IntuitivoJá a turma da tarde, escolheu como produto final, a apresentação de um seminário para os colegas do Intuitivo, crianças com 5 anos, que assistiram a apresentação e aprenderam muito sobre o país do sol nascente.

Quando perguntados sobre o porquê dos japoneses terem vindo para o Brasil todos mostraram que aprenderam muito sobre este povo que tem tanta importância no desenvolvimento da nossa cidade e do nosso país. A reposta estava na ponta da língua: “Eles vieram para o Brasil porque estavam em crise”. A aluna Rebeca explicou que a comida no Japão era muito cara e no Brasil era muito mais barata. “Tudo o que os japoneses queriam comprar era muito caro porque era importado, então vieram para o Brasil trabalhar na plantação de café”, concluiu Kenzo.  Já Manoela complementou: “Eles precisaram se adaptar à nossa cultura que era muito diferente da deles, não foi muito fácil.”

Clique aqui e veja algumas fotos da Exposição sobre o Japão.

Anúncios