A Mostra Cultural da Casinha mais uma vez foi um enorme sucesso!

No dia 1º de novembro, pais e convidados puderam apreciar a Mostra Cultural da Casinha Pequenina e ver a exposição de todos os projetos realizados pelos alunos neste semestre.

Salas temáticas foram produzidas, alunos participaram de apresentações musicais e de dança, barraquinhas de comida, feira de artesanato produzido por pais de alunos e muito mais!

Para finalizar, teve até uma apresentação de teatro ambiental. Com histórias contadas por um biólogo e com a presença de animais de verdade, todos ficaram hipnotizados com o teatro interativo. Com um detalhe importante: o IBAMA autoriza a presença destes animais no espetáculo porque a finalidade é educar e não entreter a platéia.

Veja abaixo como foi e clique aqui para ver as fotos da Mostra.

  

 
Formas de pensar e de representar Jurandi Assis

img_9098Assim que entravam na Casinha, pais, alunos e convidados se deparavam com uma linda exposição das telas de Jurandi Assis. O artista plástico, nascido no interior da Bahia, passou a infância rodeado de animais. Até hoje Jurandi traz para a sua obra, repleta de estilo e beleza, imagens que remetem a sua infância, como os personagens folclóricos. Os alunos, não só conheceram a obra do artista como também produziram diversas releituras de suas telas. 

 

 

 Registros das culturas plantadas

img_9217Durante todo o ano as crianças cuidam da horta. Em cada atividade um alimento é cultivado. O trabalho começa pela escolha da espécie que será plantada. Para que a escolha seja bastante democrática é realizada uma votação. Depois de escolhido, o alimento será pesquisado. Afinal, é preciso saber quais são suas propriedades, as vitaminas e os benefícios que traz para a nossa saúde. Chega, então, a hora de plantar e cuidar com muita atenção da pequena horta, regando diariamente. Quando a cenoura, tomate, beterraba, e outros alimentos estão prontos os alunos fazem a “colheita” e chega o momento tão esperado. As crianças trazem de casa algumas receitas deliciosas e todos, juntos, colocam a mão na massa. É realmente uma delícia!

Príncipes, princesas, bruxas e lobos, no reino do faz-de-conta

img_9132O Sensório Motor deu um show na hora de transformar a sala de aula em um reino mágico!

Dois castelos enormes foram montados, e muitas fantasias estavam à disposição das crianças, juntamente com maquiagem, máscaras e acessórios super diferentes para fazer “aquela” produção.
Além da diversão de se maquiar e fantasiar, os pais aproveitaram para registrar este momento com fotos inesquecíveis de seus filhos em uma paisagem de castelos e reinos encantados.

 

 Como vivem os Índios no Alto Xingu

img_9130As crianças do Simbólico I, que estudaram durante o semestre inteiro a vida e costumes dos índios, fizeram a festa na hora que viram a super produção da sala. Além da exposição de todos os trabalhos que os alunos fizeram e das fotos das atividades realizadas na escola, uma sala foi transformada em uma verdadeira mata. Índios, bananeiras, rio, e até uma canoa, fizeram parte de um cenário com o objetivo de aproximar as crianças da realidade vivida pelos índios do Alto Xingu.

 

 

Os mistérios do fundo do mar em uma sala marinha

img_9180Nada mais eficiente para conhecer tais mistérios do que entrar no mundo do fundo do mar. Para isso a sala do simbólico II foi transformada. Para tornar o espaço ainda mais real, máscaras de mergulho foram disponibilizadas na entrada. Só precisavam prender a respiração e mergulhar no fundo do mar. Peixinhos de todas as formas e cores estavam por todos os lados, algas marinhas, uma tartaruga e até mesmo uma enorme baleia completavam o cenário. A vontade era sair nadando!

 

 Folhinha da Casinha

img_9594Nesse semestre, as crianças do Intuitivo estudaram os elementos necessários para a montagem de um jornal. Depois de todas as informações as crianças coletaram notícias com os colegas e montaram a Folhinha da Casinha para concluir o estudo.
O lançamento do jornal aconteceu durante a Mostra Cultural, com direito a uma banca de jornal e um grande laço vermelho esperando para ser cortado!
A Folhinha da Casinha foi um dos grandes acontecimentos da Mostra Cultural, e todo mundo adorou as notícias fresquinhas contadas pelos próprios alunos.

 

Uma viagem gelada ao Pólo Norte

img_91551A sala ficou tão parecida com o Pólo Norte, que teve gente que jurou que estava mais frio lá dentro! A sala foi coberta de neve artificial e dois esquimós simpáticos e sorridentes davam as boas-vindas para os visitantes!
Um iglu foi montado em tamanho real, e tudo estava perfeito e muito branquinho! O urso polar, o leão marinho e até mesmo a morsa com seus filhotes chamaram a atenção de todo mundo!

 

 Terra, Planeta Água…Vamos cuidar para não acabar

dsc05047Mais do que bonita, a exposição do 1º Ano foi muito significativa. Eles fizeram muitas pesquisas e descobriram alternativas para evitarmos o desperdício da água. Toda a turma questionava como poderíamos resolver esse problema tão sério.
Dentro da sala havia uma gigante cortina com uma placa dizendo: “a resposta está aqui”. A curiosidade dos visitantes para saber o que tinha atrás daquela cortina agitou a Mostra. E a surpresa foi grande quando todos puderam ver que por trás da cortina havia um espelho que refletia a imagem de cada um. E é exatamente isso que os alunos aprenderam. Para melhorar nosso planeta todos nós precisamos contribuir com atitudes corretas e conscientes. Depende de nós!

 

Once upon a time Project

img_9712Para apresentar os projetos realizados no Free English, a sala foi montada com todos os trabalhos realizados durante o semestre. A criançada desenvolveu a fluência na língua inglesa utilizando histórias, contos e muitas brincadeiras. Assim, de uma maneira bastante natural, fica muito mais interessante e divertido aprender Inglês.
A exposição da sala contou com a apresentação de histórias, castelos, fotos das atividades e um computador no qual os pais tinham a opção de ver o vídeo de uma aula de seus filhos!

 

img_94241Apresentações agitam e emocionam!

As danças inspiradas na tradição indígena fizeram todo mundo bater palma e acompanhar a música animada e o incrível som que vinha dos paus de chuva. Foi uma festa indígena para ninguém botar defeito.
A cantoria continuou com a homenagem prestada ao compositor Noel Rosa. Os pais ficaram sem palavras vendo o verdadeiro show das crianças cantando As Pastorinhas.

Ao som do berimbau
Durante a Mostra os pais e convidados também assistiram a apresentação dos alunos da Capoeira, que mostraram toda a sua habilidade nos momentos ágeis desta arte. Depois da demonstração, chegou a hora da emocionante troca de corda. E nada melhor para as crianças do que receber a nova corda, significando a próxima fase a ser desenvolvida na Capoeira, dos próprios pais que estavam muito felizes e orgulhosos. Foi realmente emocionante!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s